Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quinta-feira, 31 de julho de 2014

SÃO JOÃO - PEIDO DE VÉA - CATINGA DE FUMAÇA

Cássio diz que resultado da eleição significará a “libertação da Paraíba”

Mais uma vez dezenas de lideranças políticas prestigiaram a inauguração do comitê central da campanha tucana, na noite de ontem (30), em Campina Grande. Ao lado de Wilson (senador) e Ruy (vice), o senador Cássio Cunha Lima (governador) disse que o espaço conta com amplo auditório para reuniões e vários ambientes de trabalho para a coligação. "É daqui que vamos sair com a nossa orientação política e com as baterias recarregadas, para que nas ruas, como sempre fizemos, com a verdade e a crença em Deus, com a consciência do povo, nós possamos construir mais uma vitória", orientou.
Ele ressaltou em seu discurso que o resultado das eleições do dia 5 de outubro deverá significar também "a libertação da Paraíba". "Estamos buscando uma vitória que não será apenas o resultado final de uma eleição. Mas será, na verdade, a libertação da Paraíba que está sob o julgo de um governo autoritário e insensível, que tem levado a infelicidade para muitos com perseguição política", discursou Cássio. 
 

Ministério Público Eleitoral da Paraíba emite parecer favorável à coligação entre PT e PSB


TRE1O Procurador Eleitoral da Paraíba, Rodolfo Alves Silva, emitiu nesta quarta-feira (30) parecer favorável à aliança entre o PT e o PSB, contestada pelo PMDB paraibano. Como justificativa para sua decisão, Rodolfo Alves afirma que a coligação ‘A Força do Trabalho’ teve violado seu direito de ampla defesa e do contraditório, contrariando o devido processo legal.
Ainda em seu parecer, o procurador aponta em favor do diretório estadual do PT ter havido violação de dispositivos do próprio estatuto partidário, além de inexistir, por parte da instância estadual, descumprimento das diretrizes nacionais para a formação das coligações.
Para o procurador, não cabe ao Ministério Público Eleitoral questionar as razões que levaram o PT a não querer aliança com o PMDB na Paraíba. “Tendo em vista tais constatações, percebemos, salvo melhor juízo, que as próprias orientações nacionais possibilitam a formação de coligação do PT do Estado da Paraíba com o PSB, não cabendo a este MPE indagar que razões políticas teriam motivado a agremiação estadual a não firmar aliança com o PMDB”.
“Isso posto, o Ministério Público Eleitoral se manifesta… pelo deferimento do DRAP (Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários) da coligação ‘A Força do Trabalho’, em função da nulidade do ato de anulação das deliberações do Diretório Regional do PT na Paraíba, por violação do devido processo legal, da ampla defesa, do contraditório e de dispositivos do Estatuto do PT, bem como em razão da inexistência, no caso, de descumprimento das diretrizes nacionais para a formação de coligações por parte da instância estadual”, completa o procurador.

Com assessoria

Cássio inaugura comitê em Campina e Ricardo em JP

 
Os dois principais candidatos ao Governo da Paraíba concentraram suas agendas na noite dessa quarta-feira (31) em suas respectivas cidades de nascimento e berços políticos. A campanha do senador Cássio Cunha Lima inaugurou comitê central em Campina Grande, na avenida Severino Cabral.
Ao lado do candidato ao Senado, Wilson Santiago (PTB) e do candidato a vice governador Ruy Carneiro (PSDB), Cássio disse que o resultado da eleição significará a “libertação da Paraíba”, sob o jugo de um “governo autoritário”. Já o governador e candidato à reeleição Ricardo Coutinho inaugurou comitê em João Pessoa, na avenida Epitácio Pessoa.
Ao discursar, Ricardo convocou a militância a ir às ruas de cada cidade, superar as dificuldades e dizer que a Paraíba tem hoje um governador criado nas lutas e disposto a vencer os grandes desafios do Estado.  

TRE-PB indefere 13 candidaturas a deputado estadual e federal; entre eles está um itaporanguense que não divulgou pretensão.


O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) indeferiu, em sessão realizada nesta quarta-feira (30), 13 pedidos de registro de candidaturas a deputados estaduais e federais.

De acordo com a assessoria de comunicação do Tribunal, a Corte Eleitoral entendeu, na maioria dos casos, que os candidatos não atenderam aos requisitos legais.

Não foram homologados 10 requerimentos para deputado estadual e três para cadidaturas a deputado federal.

Lista abaixo:
O tribunal apreciou 116 Requerimentos de Registro de Candidatura (RRC), sendo que 101 foram deferidos. Além disto, duas renúncias foram homologadas.

O TRE-PB também deferiu o Demostrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) pertencente à Coligação "A Vontade do Povo I", composta pelas legendas PSDB, PEN, PR, PTB, PSD, SD, PMN, PPS, PT do B, PTN, PRB, PSDC, PSC e PP.

Dentre os indeferimentos, houve candidato com dupla filiação partidária; não atendimento a requisitos legais de elegibilidade; não constar nome na ata de convenção partidária; e por pedido de requerimento individual fora do prazo previsto pela legislação eleitoral.

Foram indeferidas as candidaturas de Francisco de Lucena Maia, Leonilda da Silva Salustiano, Petronila Gonçalves de Barros, Shirlene de Lima Santos, Ana Marly Chianca de Gusmão, Nilton César da Silva, Josue da Silva Mota, Luiz Alberto de Castro, Filipe Gaudêncio Medeiros, Carlos Eduardo Costa Brandão, Raimunda Carneiro da Silva, Frank Steweson Faustino da Costa e a do itaporanguense Antônio Nosman Barreiro Paulo.

Já os pedidos de renúncia são dos candidatos Rodrigo Rafael Ferreira de Seixas e Ives Rocha Leitão.

Fonte: G1

Paraíba tem mais de 210 lixões espalhados pelo estado

Lixão de Igaracy
Faltando apenas três dias para o fim do prazo dos lixões no país, ou seja, para que os municípios se adequarem a lei de Nº 12.305 de 2010, que encerra no próximo dia 2 de agosto, a Paraíba ainda está longe de extinguir os lixões e ampliar a implantação de aterros sanitários em seu território. De acordo com dados divulgados pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), das 223 cidades paraibanas, apenas 10 destinam seus resíduos sólidos para aterros sanitários. Enquanto isso, estima-se que existam mais de 210 lixões espalhados pelo Estado.
A maioria dos lixões paraibanos estão localizados em municípios com até 100 mil habitantes. Os aterros sanitários ficam nos maiores pólos, como na cidade de João Pessoa, Campina Grande, Sousa e outras da região do Sertão e do Cariri.
Em João Pessoa, apesar do antigo Lixão do Roger ter sido oficialmente fechado há dez anos, ainda continua sendo cenário de duas cenas que deveriam ter ficado no passado: caminhões carregados de resíduos e crianças a procura de lixo reciclável para vender.
A lei que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos no país indica a implantação de aterros sanitários pelos municípios, entre outros objetivos. No entanto, questões como os custos da elaboração dos projetos, discussões municipais e regionais, captação de recursos para execução das obras e a falta de priorização do tema pelas gestões entravam o cumprimento da lei federal.
Apesar de ser de responsabilidade municipal, a questão da destinação adequada dos resíduos tem sido alvo da ação do Estado, diante das dificuldades encontradas pelos municípios. E, como forma de viabilizar a elaboração dos Planos de Gestão Integrada de Resíduos e a construção dos aterros, a Paraíba foi dividida em regionais. Mesmo assim, os obstáculos compartilhados atrasam o processo.

blogdogordinho

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Lixões devem acabar até sábado.


Os municípios de todo o país tem até o próximo sábado para se adequarem à Lei Federal 12.305/10, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e estabeleceu o fim definitivo dos antigos lixões.

Na Paraíba, a grande maioria das cidades não vai conseguiu obedecer o prazo por falta de recursos financeiros, segundo a Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup).

João Pessoa já se adequou com a implantação da Unidade de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos Urbanos, conhecidos como aterro sanitário, mas ainda é comum ver material descartado em terrenos.

A PNSS tem como objetivo garantir o destino correto ao lixo produzido pelas cidades, promovendo um meio ambiente sustentável, equilibrado e saudável a todas as gerações. Mas essa prática parece não ser tão simples de ser cumprida, pois mesmo nos locais onde já há o descarte adequado de resíduos sólidos, a exemplo João Pessoa, é comum ver lixo jogado em terrenos baldios, como no Jardim Esther, no bairro de Mancadaru.

O técnico em restauração João ferreira, 45 anos, que mora no local, sofre corriqueiramente com o acúmulo de lixo em frente à casa onde reside. “O carro do lixo passa sem falta três vezes por semana, mas a falta de educação das pessoas é grande e faz com que descartem o lixo na rua. E isso tem gerado grande constrangimento para mim e minha família, pois todos sabemos que onde há lixo, há pragas urbanas, como baratas e ratos.

Infelizmente, a população precisa fazer sua parte e colocar o lixo para fora de casa nos dias de coleta”, declarou.

O fim dos lixões e a implantação de aterro sanitário é o primeiro e mais discutido ponto da PNRS, mas a lei também prevê o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS), cuja data limite de apresentação por parte das prefeituras se venceu desde 2012. Em matéria publicada no JORNAL DA PARAÍBA no dia 4 de agosto do ano passado, o promotor do Meio Ambiente, José Farias de Souza, disse que dos 223 municípios paraibanos, apenas 24 deles estavam fazendo o PGIRS. Os demais não podiam mais ter acesso aos recursos disponibilizados pelo governo federal para investir na área, onde os gestores omissos podem responder por responsabilização civil de improbidade administrativa e ainda por crimes de responsabilidade.

O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), José Antônio Vasconcelos da Costa (Tota Guedes), não soube informar quantas cidades do Estado ainda não se adequaram à PNRS, mas apontou a falta de recursos como o principal motivo para descumprir a lei no prazo estabelecido. “O governo federal cria as leis, mas não procura saber se os municípios têm recurso para cumpri-las. Para muitos municípios, não apenas paraibanos, falta dinheiro para implantar a PNRS”, afirmou.

Tota Guedes disse que há cerca de 45 dias participou de uma reunião em Brasília com os ministros da Casa Civil, da Economia, Fazenda e Planejamento, e de Relações Políticas onde foi sinalizada uma prorrogação do prazo de adequação. “Os municípios estão tentando se adequar, mas está difícil. E essa é uma realidade em todo o país, por isso, os ministros tiveram a consciência de que muitas cidades não conseguiram implementar o que estabelece a lei, e indicaram que haverá uma prorrogação do prazo, que apesar de ainda não ter data definida, será no final de 2015”, adiantou.

O QUE DIZ A APAM 

Para o vice-presidente da Associação Paraibana do Meio Ambiente (Apam), Antônio Augusto de Almeida, as prefeituras, na grande maioria, estão despreparadas para enfrentar situações de adequações em prol do meio ambiente, a exemplo da PNRS. “Sem o preparo, acabam cometendo danos ambientais, fazendo o descarte do lixo de forma incorreta.

Só as maiores cidades, com mais 30 mil habitantes, possuem algum quadro técnico com qualificação para atuar nessas áreas e com isso as demais deixam a desejar. Para se ter uma ideia, apenas João Pessoa possui uma secretaria de Meio Ambiente, Campina Grande apenas uma coordenadoria, as demais cidades estão totalmente alheias à questão ambiental e isso é lamentável”, declarou Antônio Augusto de Almeida.


Fonte: Jaine Alves

Secretário de Agricultura pretende voltar à vida pública nas próximas eleições



O atual Secretário de Agricultura da cidade de Igaracy, Manoel Cesar (PSB) comentou com o editor do blog a intenção de voltar a vida pública em 2016. Cesar foi candidato a vereador nas ultimas eleições e obteve 146 votos. Em sua ultima passagem pela Câmara de Vereadores da cidade de Igaracy, ocupou por dois anos a presidência da Casa, tempo que segundo ele serviu de aprendizagem e experiência de vida.

Hoje ocupado o cargo de Secretário na gestão de Deusinha, e sendo filiado ao PSB, o ex vereador não descartou a possibilidade de deixar o partido para sair candidato por outro.

terça-feira, 29 de julho de 2014

Prefeito desiste de apoiar Ricardo Coutinho e adere à candidatura de Cássio Cunha Lima para governador


myltonO prefeito de Aroeiras, Mylton Marques (PSDB), recuou do apoio à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB) e declarou apoio à candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao governo do estado.

Além do alinhamento político com seu partido, o gestor também aderiu à campanha do senador Wilson Santiago ao Senado da República.

O chefe do executivo municipal ainda declarou apoio às candidaturas de Manoel Ludgério (PSD), a deputado estadual, e a de Aguinaldo Ribeiro para deputado federal.

blogdogordinho

João Pedro de Aguiar foi um dos melhores dos últimos anos e atraiu muita gente. Algumas imagens

Multidão tomou conta da praça central



Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - Milhares de pessoas participaram do tradicional João Pedro de Aguiar realizado, entre os dias 21 e 26 últimos, na Praça Miguel Izídio, centro da cidade, que recebeu uma ornamentação especial e foi tomada pelo forró e pela força da nossa cultura: por lá, passaram apresentação teatral, literatura de cordel, danças regionais, quadrilhas, desfile representando artistas nordestinos e sete bandas musicais. Tudo ao sabor de muita comida típica e alegria.

Nas duas últimas noites de festa, sexta, 25, e sábado, 26, Aguiar recebeu um grande número de visitantes da região e de fora dela para prestigiar as atrações musicais escaladas para o evento festivo, considerado um dos maiores dos últimos anos. Destaque também para os filhos ausentes, que aproveitaram o João Pedro para retornar à terra natal e rever amigos e familiares. Eles acompanharam a apresentação de Puro Prazer, Amazan, Flávio e Pisada Quente, Forró do Pakerador, Forró do Bom, Flor de Lotus e Raniery Gomes. E a festa foi tão contagiante que só terminou às 7h da manhã do domingo, quando o forrozeiro deixou o palco e caiu nos braços do povo.

O prefeito de Aguiar, Manoel Batista Guedes (Tintin), e a secretária de Cultura do município, Josefa Rodrigues (Nida), ficaram satisfeitos com a grandiosidade da festa, que foi tranquila e, ao mesmo tempo, muito animada. Eles agradecem a todos os conterrâneos, lideranças políticas e turistas que participaram do grande evento local. Ficaram gratos também aos patrocinadores: Armazém Paraíba, Pau Brasil Distribuidora de Bebidas, Eletro Sorte e Lara Modas pelo apoio que deram à Prefeitura para a realização da festa.


 

Ex-prefeito Odoniel Mangueira ratifica apoio da oposição no município de Diamante ao senador Cássio Cunha Lima...

Ex-prefeito de Diamante, por duas oportunidades, o médico Dr. Odoniel Mangueira esteve reunido com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), quando ratificou seu apoio e de toda a oposição do município ao seu projeto de retornar ao Governo. "A oposição está unida em torno de Cássio, que representa a melhor candidatura para o Estado e o nosso município. Não tenho dúvidas de que o nosso candidato será o mais votado em Diamante", disse.
Dr. Odoniel [na foto, junto com o filho Léo ladeando o senador Cássio] é marido de Carmelita Mangueira, que na última quinta-feira (24) foi diplomada e empossada como nova prefeita de Diamante, após cassação do mandato de Marcília, que conseguiu uma liminar no TRE-PB e segura-se no cargo até que a Corte Eleitoral decide se mantém ou não a decisão do juiz eleitoral da 33ª Zona Eleitoral por captação ilícita de votos.
 

segunda-feira, 28 de julho de 2014

IGARACY-SÃO PAULO (LAVA-RÁPIDO MATHIAS)

Por: Claudio Gomes.

Existem algumas palavras que podemos usar, para definir os Igaracyenses que residem em São Paulo.
São elas: "União" entre todos e "respeito" à verdadeira amizade.
Em mais uma prova dessa união e respeito, tivemos a oportunidade de nos reunirmos em um grande evento realizado no Lava-rápido Mathias, tendo como proprietário, Jean Leite.
Além de prestigiarmos o ambiente que oferecerá aos seus clientes, um trabalho profissional, como: Ducha- Lavagens Simples, com Cera ou Óleo de Mamona e Aspiração.
E tudo isso, com a garantia e respeito ao cliente.
E você encontrará todos esses serviços, no endereço citado, abaixo.
R. São Gonçalo do Rio das Pedras, 544
Vila Mara.
Obs: Rua da Feira de domingo.
E contamos com a presença do Deputado Geraldo Cruz, o mesmo parabenizou Jean Leite, por esse empreendimento.
E, ao lado do amigo Roga Matias, o Deputado fez um breve discurso, no qual falou sobre a situação atual do País, segundo a visão dele.
Contamos também, com a presença de Zé Lopes, candidato a Vereador, na última eleição.
Enfim, uma noite memorável.
Para fechar tudo isso com chave de ouro, tivemos o privilégio de assistir uma apresentação ao vivo da Dupla Sertaneja Igaracyense, Allan e Jayro.
E é sempre recompensador para todos nós, encontros como estes.
Serve-nos para mantermos em nós, os bons princípios, amizade verdadeira e algo em comum, entre todos: O amor, por nossa querida Igaracy.
Onde quer que estejamos, nunca iremos esquecer as nossas origens.
E assim, pudemos mais uma vez, celebrar o espírito de união, entre Igaracyenses que adotaram São Paulo, como sua segunda cidade.
Pois, em nossos corações, a primeira será sempre IGARACY!









 Veja mais fotos abaixo:

Recém-inaugurado: falta de material impede Hospital de Mamanguape de atender paciente

A obra custou R$ 20,5 milhões e, segundo o governo, os recursos foram do próprio tesouro estadual. A inauguração foi há menos de um mês, mais precisamente no dia 2 de julho deste ano. Contudo, o Hospital Geral de Mamanguape, considerada uma das maiores realizações da saúde dos últimos quatro anos, tem sido impedido de atender pacientes porque falta à casa de saúde materiais básicos. As denúncias contra a unidade são cada vez mais frequentes e, dessa vez, dão conta de que não há, no hospital, sequer material para sutura, ou seja, para dar pontos cirúrgicos em pacientes que sofrem algum tipo de corte no corpo.
Nesse final de semana, um rapaz procurou o Hospital de Mamanguape com um corte na mão, mas teve que deixar a unidade sem pontear o ferimento aberto por um facão. Segundo relata a vítima, no vídeo acima, os profissionais que o atenderam informaram que não havia, na unidade, o material necessário para dar os pontos. Diante da informação, o rapaz teve que deixar o regional e ir para o hospital municipal, onde finalmente foi atendido.
A construção do Hospital Geral de Mamanguape representou, conforme a administração estadual, um investimento de R$ 11 milhões e mais R$ 9 milhões em aquisição de equipamentos. A manutenção mensal da unidade custa aos cofres estaduais R$ 2 milhões, de acordo com a gestão. O perfil da nova unidade de Saúde é de cirurgia geral, obstetrícia, urgência e clínica médica.

Com menos de um mês de inaugurado, o Hospital Geral de Mamanguape já é alvo de várias denúncias. Há duas semanas, por exemplo, uma criança de 9 anos de idade foi atropelada a menos de 30 metros da unidade, mas não foi atendida no hospital, embora vários populares tenham se dirigido até a casa de saúde pedir socorro. A criança teve que ser socorrida por uma ambulância do Samu e levada até o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa.
A direção do hospital negou o fato e disse que a criança, em nenhum momento, deu entrada na unidade. Porém, segundo os populares que denunciaram a situação, a vítima não deu entrada na casa de saúde simplesmente porque ela não foi atendida.

blogdogordinho

sábado, 26 de julho de 2014

Deputados Branco Mendes e Wilson Filho visitam Igaracy



Branco Mendes e Wilson Filho candidatos a deputado estadual e federal respectivamente, visitaram nesta sexta-feira (25) a cidade de Igaracy, no Vale do Piancó. Ambos foram recebidos pelo grupo político de oposição na cidade, liderados por Lídio Carneiro e vários amigos.

Ao lado de correligionários, Branco e Wilson visitaram comerciantes na feira livre da cidade, visitaram a casa do conhecidíssimo Antonio Diniz e logo após foram receber os amigos na Churrascaria Por do Sol, onde almoçaram.

Após a visita, o deputado Federal e candidato a reeleição Wilson Filho postou uma foto em seu facebook com a frase, “a juventude de Igaracy me fez perceber que nossa caminhada está a todo vapor”, se referindo à calorosa recepção de grande parte da juventude na cidade.

O grupo que recebeu hoje os deputados Branco e Wilson em Igaracy, já havia anunciado que apoia a candidatura de Cássio para o governo e de Wilson Santiago para o Senado.




Veja abaixo fotos da visita:

Resumo dos fatos políticos acontecidos durante a semana na cidade de Diamante-PB.

Na quarta-feira (23), a Justiça Eleitoral da 33ª Zona, situada no município de Itaporanga, cassou o mandato da prefeita de Diamante, Marcília Mangueira Guimarães (PMDB). Ela responde a uma AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) por suposta prática de captação ilícita de sufrágios, durante as eleições municipais de 2012.

Já nas primeiras horas da quinta-feira (24), após a decisão judicial, a Câmara Municipal de Diamante recebeu do Oficial de Justiça, o oficio cujo mandava dar posse imediata às 16h a Carmelita de Lucena Mangueira e Clarice Melo de Aguiar, prefeita e vice respectivamente, enquanto às 14h elas estariam sendo diplomadas no Fórum da 33ª Zona Eleitoral, da Comarca de Itaporanga.

(Marcília Mangueira e Damião Juca)

(Clarice Melo e Carmelita de Lucena)

Com todo o movimento intenso na cidade e o abalo emocional para ambas as partes do processo, logo mais às 18h ainda da quinta-feira, duas horas depois de empossada no cargo de prefeita, chegou outro oficio, desta vem em desfavor de Carmelita de Lucena, este trazia o resultado do pedido de liminar da decisão que foi proferida em Itaporanga, junto ao TRE-PB, garantindo a permanência de Marcília Mangueira, ao cargo de prefeita, ficando assim a prefeita Carmelita já sem mandato naquele momento.

DiamanteOnLine

Pesquisa Correio/Souza Lopes: Após aliança com Cássio, Santiago salta de 5,6% para 16,5% e tucano segue pra elegê-lo senador assim como fez em 2010 elegendo RC governador...

wilson
A aliança com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) tem gerado bons frutos para o candidato ao Senado, Wilson Santiago (PTB), que saltou de 5,6% para 16%. Ao conseguir triplicar sua intenção de votos na pesquisa Correio/Souza Lopes, Wilson demonstra que tem condições de brigar pela vaga junto ao favorito - o ex-governador José Maranhão (PMDB), que aparece com 31,3%. Lucélio Cartaxo pontuou apenas com 7%. 
Ou seja, se em menos de um mês de campanha Wilson já alcança quase a metade das intenções de voto de um candidato que já foi senador e foi governador por três vezes, tudo indica que até o dia da eleição a disputa estará bastante acirrada. O que mostra que mais uma vez o poder de transferência de votos de Cássio impressiona. Assim como ele fez em 2010, quando elegeu Ricardo Coutinho governador.
Os demais concorrentes, são: o ex-deputado estadual Walter Brito Filho, candidato pelo PTC, que  aparece em quarto lugar com 2,7%. A professora Leila Fonseca, do Pros, tem 0,5%; Nelson Júnior, concorrendo pelo Psol, está com 0,3%. Já o candidato do PCO, Gilson Ferreira, último a registrar candidatura, e Rama Dantas, do PSTU, aparecem com 0,1%. Votos brancos e nulos para o Senado, segundo o Instituto Souza Lopes, seriam 16,7%. Outros 24,7% não souberam ou não quiseram responder à consulta estimulada para o Senado.
 

Pesquisa Correio/Souza Lopes: Cássio lidera com 45,5% e venceria no 1º turno já que tem mais do que a soma de todos os demais candidatos...

Foto: Os votos válidos são os seguintes: 
Cássio 56,8%.               
RC 36,45%. 
Vital 5,50%
O Sistema Correio de Comunicação em parceria com o Instituto Souza Lopes acaba de divulgar [na Tv Correio) a primeira pesquisa sobre as eleições deste ano, após o registro de candidaturas e início da campanha. De acordo com os dados, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) obteve 45,5% e seria eleito já no primeiro turno. O tucano aparece com mais do que a soma de todos os adversários: que chegaram a 33,6%.
Depois de Cássio, o segundo mais bem posto é o governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição, que aparece com 29,2%. Em terceiro, vem o senador Vitalzinho (PMDB), com 4,4%. Os demais candidatos ao governo, aparecem com: Major Fábio (Pros), 0,8%; Antônio Radical (PSTU) e Tárcio Teixeira (Psol), aparecem empatados com 0,1%. 
O instituto ouviu 1.500 pessoas entre os dias 19 e 22 deste mês. o trabalho de campo foi realizado em 55 municípios e está registrado no TRE-PB sob o número PB-000113/2014. A margem de erro da pesquisa é de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%. Em relação aos votos válidos, Cássio teria 56,8%; Ricardo Coutinho 36,45% e Vitalzinho 5,50%.
 

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Lideranças de 8 municípios do Brejo acabam declaram apoio à Cássio


As denúncias feitas pelo jurídico do PSB, ontem, dando conta de suposta cooptação de prefeitos, parece não ter abalado o crescimento da campanha do senador Cássio Cunha Lima (PSDB). É que agora a pouco o senador recebeu declaração de apoio de lideranças políticas de oito municípios do Brejo Paraibano.

A comitiva, que se reuniu com o senador indagorinha, foi liderada pelo deputado Atnaldo Monteiro (PSC) e representa os municípios de Alagoa Grande, Serra Redonda, Aroeiras, Montadas, Natuba, Casserengue, Damião e Esperança.
 

TRE defere pedido de candidatura do PSDB e arquiva ação de RC contra Maranhão


TRE defere pedido de candidatura do PSDB e arquiva ação de RC contra Maranhão Foto: Walla Santos


Decisão. O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba apreciou em sessão ordinária nesta sexta-feira (25) o pedido de registro de candidatura da coligação A Vontade do Povo (DRAP - Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários), encabeçada pelo senador Cássio Cunha Lima e uma ação do governador Ricardo Coutinho (PSB) contra o ex-governador José Maranhão.
Por unanimidade, o pedido de registro da coligação a Vontade do Povo, foi deferido. O pleno entendeu não houve nenhuma falha no processo de formação da coligação. 

Já a ação do governador Ricardo Coutinho contra o ex-governador José Maranhão, foi arquivada pelo TRE-PB. A ação é proveniente ainda da eleição de 2010. Ricardo acusava Maranhão de uso político do Jornal Estatal A União.

ClickPb

14 partidos repudiam "farsa de compra de prefeitos" montada por ex-secretário estadual condenado pela Justiça por situação idêntica em 2008; "Denúncia é confissão explícita de desespero", diz trecho...

Coligação de Cássio emite nota e qualifica como farsa o áudio de Sales Dantas
Quatorze partidos da coligação “A Vontade do Povo” acabam de divulgar nota  condenando a atitude do agente político Sales Dantas, “ex-secretário e eleitor de Ricardo Coutinho” pelo trote aplicado no prefeito de Caiçara para tentar envolver o senador Cássio Cunha Lima em suposta negociação ilícita por apoios. De acordo com o escrito, o autor da suposta denúncia de compra de prefeitos “se fez passar por um servidor do gabinete do senador Cássio Cunha Lima para comprar o apoio de prefeitos do interior”.
De acordo com a nota assinada pelos presidentes do PSDB, PRB, PP, PTB, PSC, PR, PPS, PSDC, PTN, PMN, PEN, PSD, PT do B e SDD, “em momento algum foi apresentado à imprensa um áudio que contenha a fala do senador Cássio, nem de qualquer assessor seu, mas apenas a encenação grotesca montada por Sales Dantas, cujo passado e prática os paraibanos já conhecem à exaustão”.  Na Nota, os partidos entendem, por fim, que essa farsa montada diante da Paraíba é uma confissão explícita de desespero político. "Eles tentam intimidar dezenas de outras dezenas de adesões e abrir caminhos ara decidir no tapetão uma eleição que a cada dia lhes parece mais difícil, remota e inalcançável. A Paraíba já decidiu que, dessa vez, para governador o Estado, será preciso ter voto", diz trecho.
Confira, a seguir, a nota na integra:
A coligação do governador do Estado convocou uma entrevista coletiva nesta quinta-feira para confessar à Paraíba a farsa em que o agente político Sales Dantas,  ex-secretário e eleitor de Ricardo Coutinho, se faz passar por um servidor do gabinete do senador Cássio Cunha Lima para comprar o apoio de prefeitos do interior. No alegado áudio, que em momento algum foi apresentado à imprensa, não há,  segundo os próprios acusadores, nenhuma fala do senador Cássio nem de qualquer assessor seu, mas apenas a encenação grotesca montada por Sales Dantas, cujo passado e prática  os paraibanos já conhecem à exaustão. Em respeito à Paraíba e à verdade, a Coligação A Vontade  do Povo divide com os paraibanos as seguintes reflexões e decisões:
 - É absolutamente estranho que a única prova da suposta compra de prefeitos seja a farsa montada por um ex-secretário de Ricardo Coutinho. Ele se faz passar por um assessor de Cássio, mas nem assim consegue qualquer incriminação do senador.
- Mais estranho ainda, é a postura de determinados setores que, sem qualquer base, sem apoio nem mesmo na versão governamental da suposta gravação, acusam o senador Cássio de tentar cooptar e comprar prefeitos. A argumentação apresentada é ainda mais grotesca: “Esse prefeito aderiu a Cássio sem ter feito nenhuma crítica administrativa ao governo”.
- A postura do governador, nesse episódio, apenas repete uma rotina de desrespeito às pessoas, de  intolerância à crítica e a qualquer discordância. Na ótica autoritária e presunçosa do governador, os prefeitos que não o seguem estão sendo  comprados. O que dizer, então, da maioria esmagadora dos paraibanos, que, segundo repetidas pesquisas de opinião pública, tem revelado uma clara rejeição à reeleição do atual governador? Quem terá comprado mais de um milhão de eleitores.
 - Quase todos os sindicatos ligados ao funcionalismo estadual, quase todo o movimento social são hoje críticos ferrenhos do governador do Estado. Quem os terá comprado?
- Grande parte dos amigos e colaboradores de primeira hora do governador são hoje adversários dele. Quem os terá comprado?
- Em seu isolamento político, o governador não percebe que a opção eleitoral registrada nas pesquisas é fruto da repulsa ao autoritarismo, à perseguição aos servidores, à recusa ao diálogo, ao clima de conflito permanente e crescente instaurado no Estado.  Os paraibanos não estão à venda. Em sua altivez, a Paraíba sempre soube repelir ameaças implícitas, intimidações explícitas e o terror político e administrativo, parta de onde partir.
Diante do absurdo das acusações e insinuações dos empregados  do governador do Estado,  a coligação A Vontade do Povo apela, por todos os meios,  ao Ministério Público Eleitoral, à Justiça Eleitoral e à Polícia Federal para que apurem, em toda a sua extensão e profundidade, o processo eleitoral da Paraíba, cuja absoluta transparência e lisura defendemos e exigimos.
Episódios como esse, infelizmente, já são conhecidos na Paraíba. Às vésperas da eleição municipal de 2008, o então candidato a prefeito de João Pessoa, Francisco Barreto, concorrente de Ricardo Coutinho ao mesmo posto, foi acusado de receber dinheiro de Cícero Lucena para atacar o prefeito de então. A inverdade foi espalhada, coincidentemente, pelo mesmo notório Sales Dantas. Dois anos depois, a Justiça condenou todos os autores da infâmia.
A Coligação A Vontade  do Povo lamenta a leviandade de acusações absurdamente inconsistentes e inverídicas, que só a subserviência de alguns e a irresponsabilidade de outros permitem ecoar com ares de veracidade, mesmo subvertendo por completo a compreensão de que, quando há cooptação de lideranças políticas, elas partem dos governos, jamais das oposições. A Coligação A Vontade do Povo entende, por fim, que essa farsa montada diante da Paraíba é uma confissão explícita de desespero político: eles tentam intimidar dezenas de outras adesões e abrir caminhos para decidir no tapetão uma eleição que a cada dia lhes parece mais difícil, remota e inalcançável. A Paraíba já decidiu que, dessa vez, para governar o Estado, será preciso ter voto.”
 

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Poucas horas após Dona Carmelita tomar posse como Prefeita, Marcília Mangueira tem liminar concedida e deve voltar a Prefeitura para responder o processo no cargo.

Um dia depois de ter o seu mandato cassado pelo juiz eleitoral da 33ª Zona, Carlos Barreto, a prefeita de Diamante, Marcília Mangueira (PMDB - foto), através dos seus advogados, conseguiu no Tribunal Regional Eleitoral uma liminar que garante sua permanência no cargo até o julgamento do recurso no TRE contra a cassação.

A liminar foi concedida pelo desembargador João Alves da Silva em despacho monocrático na tarde desta quinta-feira, 24, e o julgamento do mérito ainda não tem data.

Confiantes de que a corte eleitoral vai reformar a decisão de primeira instância, os advogados da prefeita estão preparando o recurso que vão protocolar no TRE contra a cassação do mandato, autorgado pela maioria do eleitorado diamantense.

De acordo com informações de assessores da prefeita, Marcília está tranquila e confiante em mais uma decisão favorável no Tribunal Regional Eleitoral.

Com a liminar, a prefeita permanece no cargo e vai continuar tocando sua administração com a mesma força e entusiasmo, segundo a assessoria, garantindo que a gestão municipal não sofrerá qualquer prejuízo, ou seja, “a população pode ficar traquila que os projetos, serviços e obras do município vão continuar normalmente”. 

Fonte: Folha do Vale

Carmelita de Dr. Odoniel é diplomada e toma posse como nova Prefeita de Diamante, veja:



O juiz eleitoral da 33ª Zona Eleitoral, da comarca de Itaporanga diplomou hoje a tarde a Senhora Carmelita Mangueira, esposa do médico Odoniel Mangueira para o cargo de Prefeita da cidade de Diamante aqui no Vale do Piancó. A diplomação aconteceu no Fórum Eleitoral em Itaporanga exatamente às 14hs com a presença de advogados e alguns simpatizantes da nova Prefeita.

Após a diplomação Carmelita dirigiu-se até a cidade de Diamante onde na Câmara de Vereadores acompanhada de vários aliados e correligionários foi empossada pelas mãos do Presidente da Câmara como Prefeita do município.

A emoção tomou conta de Dona Carmelita, do ex Prefeito Dr. Odoniel e dos vários amigos que participaram da cerimonia e principalmente aqueles que junto ao casal vem há dois anos lutado para assumir o cargo que era ocupado pela jovem Marcília Mangueira.

Na cidade houve euforia, carreatas e muita festa. No entanto, a ex Prefeita entrou com uma ação solicitando uma Liminar para permanecer no cargo enquanto aguarda o julgamento final.


Veja abaixo várias fotos exclusivas do bloghugoigaracy:





 


Veja várias fotos clicando abaixo: